Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos



Meu corpo
 

Meu corpo é um poço de desejo
Um vulcão vivo em constante erupção
Onde lavra o amor e tanta paixão
Morada de fantasias sem pejo.
 
Aposta forte, nunca perde o ensejo
Explodindo de emoção em emoção
A brasa ardente, às vezes carvão
Os músculos em constante festejo.
 
Com o corpo exultando de alegria
Olhos faiscando de intenso prazer
Sofre o coração uma forte arritmia
 
Sentindo do corpo a alma a desprender
Mergulhando em ondas de afrodisia
E, finalmente juntos, renascer.
 
 
Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In ”Sonetos”
 
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 29/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras