Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos




Deixa-me poetar
 

Deixa-me escrever poemas de amor
A um ser amado de incógnito nome
Falar de uma paixão que me consome
Escrever emoções com destemor.
                                                      
Poetando, liberto minha dor
E com ela esconjuro a eterna fome
Alívio de uma alma que quase some
De um corpo esquecido e esbanjador.

Vão-se sublimando as fantasias
Exorcizando o ciúme e o mau agoiro
Evitando da alma, as anorexias.
 
Luto pela paz e amor duradoiro
Quero contigo gozar alegrias
Do eterno amor, amor imorredoiro.
 

 

Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos

 

 
 
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 04/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras