Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos



Sol e Lua
 

És sol que guia meu quotidiano
Sou lua que te espera cada noite
Que do escuro e vento não teme o açoite
E que por ti espera, fiel, todo o ano.
 
Amor frouxo ou fogosamente insano
E que nos agrada que em nós pernoite
Que suas emoções em nós acoite
Amor de há muito tempo…um veterano.
 
Este, o amor que temos e alimentamos
Dia a dia, quer chova quer escureça
Que nos mantém vivos e que cantamos.
 
Que cada um se dê, o que outro mereça
Mas sem entraves, porque nos amamos
Até ao dia em que um dos dois pereça.
 

 
Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos
 

 
 
 
 
 

 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 04/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras