Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos



Verdade ou ficção  
       
                                                

Se há gente que acha que sou mesmo assim
Há outra que pensa que assim não sou;
Que sou aquela que se ficcionou
Ou, então, a que mais se aproxima de mim.
 
Faço das palavras meu espadachim
Digo tudo aquilo que sou e não sou
Aquela que em versos se desdobrou...
Enlaço-as, golpeio-as, dou-lhes um fim.
 
Faço-vos sentir eu, amar ou odiar
Viver versos como se vossos fossem
Valorizando ou não, o meu versejar.

Rimas perfeitas que riem ou tossem
Num esforço enorme de aqui narrar
Emoções minhas que as dores desossem.
 


Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos
21/05/2018
Lucibei
Enviado por Lucibei em 20/05/2018
Alterado em 21/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras