Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos




Amor e respeito (alexandrino)
 

Abomino os amores assaz untuosos
Tolhem os gestos, manipulam emoções;
Manietam, tornam tristes os corações
Esfriam amores singelos, virtuosos.
 
Não é esta a afeição esperada dos esposos
Nem de esposas que foram escolhas, opções
Investindo neles e nelas fortes ilusões
De viver a vida inteira momentos ditosos
 
A vida e a idade dão-nos seus ensinamentos
Que ora aceitamos ou somente contestamos
E desta forma se “salvam” os casamentos.
 
A verdade é só uma: ou amamos ou não amamos
Depende de nós cultivar os sentimentos
E respeitar os filhos que juntos geramos.




Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos
10/06/2018
Lucibei
Enviado por Lucibei em 10/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras