Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos





Doença 
 

Doença é atropelo à vida;
Vivências da vida que a morte estraga.
Tantas vezes saga, mas sempre chaga
Torna a gente frágil, a alma sofrida.
 
Doença que escarna, que faz ferida
Na alma débil, a vontade naufraga
É um assunto tabu e enorme praga
E já pouca carne aguenta a investida.
 
Vai afundando a esperança do doente
Em momentos às vezes desumanos...
A esperança dele e de tanta gente.
 
E passam-se os dias, os meses e anos
Esperando um final bem diferente...
Um hino à vida, em cantos ufanos.
 

 
Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos


 
 
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 14/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras