Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos



Na noite 
 

 
Vou pisando, serena, a noite breu
Ondulo os gestos, tateio o negrume
Dos ramos que se beijam, sinto ciúme
Desorientada busco algo meu.
 
Um ósculo, um gesto, um sorriso teu
Que não deixem afundar este lume
Numa cachoeira de dor e azedume
Os indícios de que ainda existe céu.
 
Com a luz das estrelas e da lua
Testemunhas sinceras deste cio.
Não vejo a hora de ser apenas tua.
 
Feliz, por pensar nisso, canto e rio
E nada há que esta paixão destrua
Sinto-me sol, ar, árvore, mar ...rio!
 
 

Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetos
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 01/07/2018
Alterado em 01/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras