Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos



25 de Abril, sempre!
 
Roça-se a ignorância saloia
Na inteligência presunçosa
E desta combinação de mau gosto
Nascem políticos inflamados.
Humanos refugos,
De ambições desmedidas

Conspurcando o vermelho vivo dos cravos
Que, há 45 anos, bailaram nos canos das armas
Enfeitando os corações de verde esperança.
 
É chegada a hora
De empunhar de novo as armas
Agora sem cravos…
Na procura do verde e vermelho.
Está na hora de repor as cores de Abril
Neste país ameaçado.

 
2008


Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In ”Muita Poesia e Pouca Prosa


 
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 25/04/2019
Alterado em 26/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras