Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos


Imagem retirada da Internet



Beija-me, mas sem pudor
 

Beija-me, mas sem pudor 
Devagar…devagarinho,

Para sentir o calor
Do teu jeito de menino.
 
Da indecência do miminho,
Ainda sinto o ardor;
Beija-me, mas sem pudor,
Devagar devagarinho.

 
Eu sei que não é amor,
É apenas um carinho,

Mas gosto do teu sabor
Estou mesmo pelo beicinho,
Beija-me, mas sem pudor.


Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In ”Rondeis


 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 03/07/2012
Alterado em 18/02/2019
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras