Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos




Poetando
 

Trago nas mãos
a dureza dos calos
desenhados pelo trabalho.
Trago nas mãos a maciez
dos afagos distribuídos.
E, neste ninho de dedos
cheio de tudo e de nada
seguro caneta e papel
meu veículo e minha estrada.
Porque com poesia sou tudo
sem poesia sou nada...
Sobram-me calos nas mãos
e afagos sem dono.
 


Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Muita Poesia e Pouca Prosa”

 
 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 29/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras